quarta-feira, 4 de julho de 2007

Descrevendo a amizade


Li este trecho hoje de manhã, numa pausa para um café, antes de passar a manhã inteira num cliente. É Josué Montello quem nos traz palavras de Mário de Andrade acerca da amizade escritas a Drummond, um tema sempre atual e tão bem descrito pelos grandes escritores.


"Drummond deu à sua coletânea o título exato: A Lição do Amigo. E amigo com algo de paternal, como é sempre a verdadeira amizade. Querendo advertir, ensinar, chamar a atenção, mas sem dar ar de mestre-escola, sempre no tom de companheiro. Mais afetivo que persuasivo. Mais generoso que doutrinador. E a despeito de ele próprio reconhecer que sofria de 'gigantismo epistolar', dizia a Drummond, numa das cartas: 'Se eu tivesse tempo pra escrever cartas como se faz na França, cartas pra depois da morte os amigos publicarem, havia de mandar uma pra você sobre o que sou, o que faço e o que penso agora. Dava um assunto bonito, que esta minha vida é uma pororoca do Amazonas." (Diário da Noite Iluminada. Rio de Janeiro : Nova Fronteira, 1994, p. 421).


Amizade verdadeira, sincera é algo raro nos dias de hoje. Saber ouvir, saber esperar, saber respeitar são coisas que parecem esquecidas nos tempos modernos. Muitos são os conhecidos, mas poucos os amigos, aquelas pessoas que estão sempre ao nosso lado pelo que somos e não pelo que gostaríamos que fossêmos.

5 comentários:

Flávia disse...

Olha que interessante: um amigo "mais afetivo que persuasivo". Isso resume!

Se um amigo está do nosso lado para buscar mais compreensão e afinidade do que mero conforto, podemos usar a palavra amigo. E nesse contexto ela se torna um grande adjetivo!

Realmente as pessoas parecem ter esquecido que uma amizade é mais que um "quebra-galho" de egocentrismo. E egocentrismo tem muito a ver com persuasivo.

Abraços!

Edna Federico disse...

Amizade verdadeira é um bem muito precioso.
Amores acabam, mas amizades podem durar uma vida inteira.
Preserve seus amigos...aqueles amigos verdadeiros mesmo, que não perguntam "quando?", mas aqueles que dizem "estou indo!"

Fabiola disse...

Renato adorei
amigo é isso mesmo

Bjocas

Morena disse...

Renato, eu vou continuar acreditando que a amizade existe e pode ser eterna... beijocas

Kátia

Fernanda disse...

Eu tenho a sorte de ter bons amigos...conheço muitas pessoas, mas os amigos de verdade, são poucos e os conservo com todo cuidado.