terça-feira, 21 de agosto de 2007

O Castelo


O episódio de sábado do seriado Mothern (21:30 na GNT) teve uma passagem com a qual me identifiquei. Uma das personagens vê a filha montar um castelo de blocos de madeira igualzinho ao da caixa. Depois que a mãe olha o castelo, a filha, num único gesto, destrói o castelo diante de uma mãe estupefata. A filha calmamente explica que vai construir um outro diferente. Estou assim, destruindo um castelo para montar um novo.


Nesta semana mudo-me de escritório. Algo simples e corriqueiro e que dá muito trabalho. Boa hora para uma faxina e jogar coisas foras. Estou neste endereço na Av. Paulista desde 1999. Sinto uma nostalgia e vou sentir falta de caminhar pela Paulista todos os dias, uma avenida que me inspirou e inspira. Quantas vezes, ao caminhar pela Paulista imerso nos meus devaneios, encontro alguém que tem quem me segurar ou gritar para que repare na pessoa. E vou sair bem na hora em que vão reformar as calçadas.


Enfim, chegou a hora de desmontar o castelo e começar a construir um novo, em novo endereço, com novo sócio e novos trabalhos. Parece que a vida é assim, um constante construir e reconstruir de castelos. Demorei a me desapegar do castelo e criar coragem para a mudança, mas vamos em frente. As salas e os cantos do escritório vão ficar na lembrança das fotos, como a aconchegante biblioteca que ilustra este post.


Gostei da imagem do castelo e acho que ela se aplica a muitas outras coisas na vida, mas isto é outro assunto.

6 comentários:

Fernanda disse...

Tb tenho mania de me apegar as coisas e isso muitas vezes é ruim, a gente sofre.
Nunca precisei mudar dessa maneira, digo no campo profissional, mas imagino como seja.
Nos outros campos da vida, já sofri várias mudanças...umas boas, outras ruins...umas sofríveis, outras menos sofríveis, mas a gente sobrevive!
Desejo muita sorte à vc nesse recomeço.

Kátia Barros disse...

querido Renato,
Nesse exato momento da minha vida estou também descontruindo um castelo. Mas adotei uma frase que li em algumas dessas reportagens que é a seguinte:"Recomeçar, recomeçar mil vezes!!!!!!!" A vida é assim mesmo, que bom! beijocas Estou de volta!

Simone disse...

eu sou a única pessoa que não gosta desta avenida.

boa sorte!!! mudanças são ótimas e dão um entuasiamo bom!

Edna Federico disse...

Renato,

Desejo à você muita sorte nessa nova fase.
Sucesso!!!!

Fabiola disse...

Renato:
Boa sorte!!!
mudar da medo, mas pode fazer um bem terrivel
Para onde vc vai?
bjocas
Amo a paulista. Sinto uma falta de lÁ!!!!!

Renato Bueloni Ferreira disse...

Obrigado pelas palavras carinhosas. Vou para a Av. 9 de Julho, nos Jardins.