quinta-feira, 24 de abril de 2008

E a terra tremeu

Estava sentado numa poltrona, esperando minha filha dormir. Era perto das 9 da noite de uma terça-feira como qualquer outra. Senti um leve tremor que durou alguns segundos. Estranhei. A primeira coisa que passou pela minha cabeça era de que se tratava de um terremoto. Bobagem rapidamente descartada.

Pensei em um tremor causado pela obra do metrô, mas não havia ouvido qualquer explosão ou sirene de alerta. A certeza do tremor que sentira instigou a investigação mental. Labirintite, com certeza. Já estou na idade de começar a ter doenças causadas pela madureza. O pensamento viajou e divagou em questão de segundos.

Esqueci-me do assunto. Na quarta-feira, dia 23, ao ver o jornal da manhã e sua manchete tive a confirmação do terremoto. A terra tremeu no Brasil! Sim, meus caros, não queremos fazer parte do primeiro mundo? Pois bem, lá tem terremoto, furacão, tornado e neve. A neve ainda não chegou, mas pelo visto os terremotos sim.

E não me surpreenderei se o nosso presidente avocar o mérito de que o "nunca neste país" tivemos um terremoto! Eu sei que já foram registrados outros abalos sísmicos no país, mas ele não sabe de nada, não lembra de nada.

3 comentários:

Margarete disse...

É... eu também senti... e pode ter certeza que se parece com uma crise de labirintite, sim. Falo isso com conhecimento de causa.
Agora... idade de começar a ter doenças causadas pela da madureza??? Então eu já caí do pé de tão madura... não gostei... hehehe.

Tamara disse...

KKKKKKKKKKKKK
KKKKKKKKKK
(rindo muito)
KKKKKKKKKKK
Crise de labirintite....
KKKKKKKk
Impossivel nao lembrar de minha vó...
Vc eh dramatiiiiiiiico!!! e ainda vem com essa de " doença causada pela madureza". Essa eu vo ensinar pra ela....

Adorei esse post...

Bjo!

Fabiola disse...

kkkkkk

olha que eu tb senti

e achei que era a obra do predio do lado!!!!