domingo, 23 de março de 2008

Uma reflexão pascal

"No entanto, apesar de sua natureza caduca, o tempo oferece a oportunidade de eternizar-me. Cada minuto que passo sobre a terra tem também sentido eterno. Cada segundo que tenho de vida é uma conjuntura que posso aproveitar ou perder para sempre. A vida terrena é episódica, mas também, de alguma forma, definitiva. Não cabem os ensaios. É irrepetível. A representação nunca tem 'reprise' ou 'videotape'. O que se viveu eternizou-se, para o bem ou para o mal, irreversivelmente. Como as águas do rio, a vida não volta atrás."
(Rafael Llano Cifuentes. Juventude para todas as idades. São Paulo : Quadrante, 2008, p. 4-5).


Um breve trecho deste pequeno livro que chegou às minhas mãos um pouco antes da Páscoa. A vida não volta atrás mas permite-nos um constante recomeçar, um constante rejuvenescer, um constante ressurgir. O ser humano tem esta capacidade única de começar de novo, com espírito jovem, deixando os erros para o passado e corrigindo o rumo e as metas.

Ressurgir, renovar a esperança e o entusiasmo nesta caminhada da vida. Um dia após o outro, mas sempre caminhando!

Boa Páscoa a todos!

6 comentários:

Tamara disse...

Belissimo isso...
Acredito que seja realmente necessario seguir em frente.
Viver os dias de forma unica. Absorver tudo de nutritivo...
Bjo!!!

Fabiola disse...

é sempre tempo de renascer né?

Fabiola disse...

é sempre tempo de renascer né?

Bia disse...

Sabe que tenho lido muito sobre isso?!

Gostei deste espaço. Vou voltar...
[ ]´s, Bia

Humana disse...

Olá Renato,
Realmente a vida é como um rio que corre para o mar vencendo obstáculos que se atravessam no caminho mas tb nos permite porque é feita de circulos, recomeçar, tal como a água do mar que se evapora e se torna liquido de novo.Fazemos parte da natureza não é?Tudo muda, tudo se transforma e seria tão bom se aprendessemos mesmo com os erros e não caíssemos nos mesmos no novo recomeço...
Um beijinho

PS - As palavras têem um poder enorme mas gosto de usá-las de forma positiva, amorosa, fraterna, nunca como arma ou com um poder ameaçador ou destrutivo.Concordas comigo, não concordas?

Edna Federico disse...

Acho que sempre é tempo para recomeçar...e aprender com os erros