sexta-feira, 30 de novembro de 2007

Estou revoltado!

Eu bem que tentei dar um "toque" mais literário, mais leve a este blog, mas não consigo ficar calado diante das barbaridades que são ditas pelo nosso presidente. A briga pela CPMF esquentou e alguns dizem que a CPMF "subiu no telhado".

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva atacou empresários e políticos que são contra a prorrogação da CPMF. "Quem tem medo da CPMF é quem sonega imposto", afirmou, ao discursar na inauguração de uma ponte e um trecho da BR-259 em Colatina (ES).
Pois bem, vamos dar um desconto e considerar que o presidente disse isto no calor de um discurso, MAS ao fazer tal afirmação atribuiu conduta criminosa à maioria de brasileiros que trabalham como empresários e que lutam - muitas das vezes - contra um governo corrupto e que presta serviços de péssima qualidade.
Em primeiro lugar, a afirmação de Lula é mentirosa. Eu sou contra a CPMF e não sou sonegador. Agora, e a turma do Mensalão? E o Sr. Duda Mendonça, Sr. José Dirceu, Sr. Delúbio Soares? Será que eles pagam os impostos direitinho?
Dizer que todo mundo que é contra a CPMF sonega imposto é um artifício da tortuosa lógica petista. Viramos inimigos do povo! Isto me lembra uma peça brilhante, escrita pelo dramaturgo noruguês Henrik Ibsen. A peça chama-se "Um inimigo do povo". Não é o único exemplo. Há outros grandes exemplos na literatura que tratam da questão da defesa de princípios, ainda que isto custe a vida.
Lula, ao fazer a afirmação, tentou desqualificar milhões de brasileiros que assinaram um abaixo assinado contra a CPMF, que são reféns de uma Receita Federal que age com ilegalidade em determinados casos, que são órfãos de um tributo que deveria ter melhorado a saúde, e não servido para aparelhar a máquina estatal.
A não aprovação da CPMF obrigará o governo a enxugar a máquina pública, a melhorar a gestão da coisa pública, e trabalhar mais com menos recursos. É isto que todo empresário faz quando o governo aumenta sua participação na fatia do lucro das empresas.
Só espero que os senadores tenham coragem de derrubar a CPMF. A esperança não morre nunca!

4 comentários:

Fabiola disse...

Renato
QUando o Adib Jatene teve essa ilustre idéia ele já tinha feito este raciocínio.
E recentemente eu li, não lembro se foi na Carta Capital ou na Caros amigos, ele novamente com essa ideia discutindo com o presidente da FIESP.
É o mais do mesmo
Nada esta sendo criado. hoje tudo é copiado, ou ainda mais facil que isso scaneado!!

Fabiola disse...

ah o que ele defende é que o CPMF não pode ser sonegado.
kkkk

Edna Federico disse...

Pois é, também sou contra a CPMF, pelo menos ao destino a que estão dando a ela e definitivamente não sou sonegadora...pago os meus impostos absurdos, em dia.
É por esse texto e outros, que tem prêmio para você lá no blog.

Margarete disse...

Fala sério viu!!! E pensar que já fui petista.... ninguém é perfeito!
Fiz questão de por um link para o abaixo assinado contra a cpmf em meu blog a algum tempo atrás.